segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Com o pé direito

Inicio a semana de trabalho com o pé direito ao publicar tão belo poema dedicado a mim...

LÍVIA, à quem tanto devo .....

As estrelas que ouvem meus clamores,
são as pontas de gelo que lhe dedico.
Por estarem todas a nos espiar neste céu
atentas por assistir nossas histórias e escolhas.
Mas o que são elas?
Se não parte do carinho e afeto que lhe tenho!
Peço as pedras iluminadas que lhe acompanhe,
e que o sopro delas seja como as brisas que abraçam as manhãs!
E quando olhar em suas mãos, verá o brilho dos cristais,
os que fugiram dos meus olhos em forma de lágrimas
pela saudade que sufoca e aperta meu coração, saudade tua!
E quando a luz te acalentar a alma, e acalmá-la ,
estarei do seu lado, a sorrir feliz por poder estar junto de ti.
Quando o vento lhe tocar a face e os raios encandecerem as nuvens,
lembre-se que sempre vou estar esperando por você, mesmo que demore.
De nada nos vale a eternidade, quando quem amamos está longe.
Assim, os séculos se tornam efémeros e cinzas, tristes e angustiantes.
Mas não pense que o tempo pode apagar o que lhe sinto, não pode.
E mesmo longínquo as vezes, eu estarei a lembrar de uma pessoa especial e encantadora,
Você! À quem tanto devo por cada dia, olhar e suspiro, palavra e atenção!
Só peço que se lembre de mim, nas flores, no orvalho, nos raios!
Por que você está sempre comigo, onde quer que eu vá!
Marcos Jeferson

3 comentários:

  1. LÍVIA, a MUSA inspiradora dos alunos do WM.
    Parabéns.....Vc merece amiga....Lindo o texto.

    ResponderExcluir
  2. Lívia mais que declaração em?
    Vc faz sucesso até msm com os alunos......
    - Brincadeira!
    O poema ficou mesmo ótimo.
    Também era pra você!

    ResponderExcluir

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Com o pé direito

Inicio a semana de trabalho com o pé direito ao publicar tão belo poema dedicado a mim...

LÍVIA, à quem tanto devo .....

As estrelas que ouvem meus clamores,
são as pontas de gelo que lhe dedico.
Por estarem todas a nos espiar neste céu
atentas por assistir nossas histórias e escolhas.
Mas o que são elas?
Se não parte do carinho e afeto que lhe tenho!
Peço as pedras iluminadas que lhe acompanhe,
e que o sopro delas seja como as brisas que abraçam as manhãs!
E quando olhar em suas mãos, verá o brilho dos cristais,
os que fugiram dos meus olhos em forma de lágrimas
pela saudade que sufoca e aperta meu coração, saudade tua!
E quando a luz te acalentar a alma, e acalmá-la ,
estarei do seu lado, a sorrir feliz por poder estar junto de ti.
Quando o vento lhe tocar a face e os raios encandecerem as nuvens,
lembre-se que sempre vou estar esperando por você, mesmo que demore.
De nada nos vale a eternidade, quando quem amamos está longe.
Assim, os séculos se tornam efémeros e cinzas, tristes e angustiantes.
Mas não pense que o tempo pode apagar o que lhe sinto, não pode.
E mesmo longínquo as vezes, eu estarei a lembrar de uma pessoa especial e encantadora,
Você! À quem tanto devo por cada dia, olhar e suspiro, palavra e atenção!
Só peço que se lembre de mim, nas flores, no orvalho, nos raios!
Por que você está sempre comigo, onde quer que eu vá!
Marcos Jeferson

3 comentários:

  1. LÍVIA, a MUSA inspiradora dos alunos do WM.
    Parabéns.....Vc merece amiga....Lindo o texto.

    ResponderExcluir
  2. Lívia mais que declaração em?
    Vc faz sucesso até msm com os alunos......
    - Brincadeira!
    O poema ficou mesmo ótimo.
    Também era pra você!

    ResponderExcluir