quarta-feira, 2 de junho de 2010

Poderia ser Pior

Após sofrer mais uma goleada em casa, o Vila assume a vice-lanterna do Brasileirão série B, uma posição “excelente” para seguir com passos firmes rumos ao Paraíso. Se o time tivesse feito o dever de casa poderia estar numa situação mais cômoda na tabela, entretanto, nas três partidas realizadas em seus domínios, venceu uma pelo placar mínimo, e perdeu duas por placares bem elástico: sete gols em dois jogos. Contudo, sejamos otimistas, poderia ter sido pior, levar oito gols em casa e figurar na lanterna da competição. Realidades bem distantes de nosso Vila.
Nós torcedores do futebol goiano e principalmente os apaixonados torcedores Colorados temos que carregar a bandeira do otimismo. E o que tem acontecido frente ao comando técnico do Tigre, faz com que a empolgação tome conta do nosso cotidiano. Depois da demissão de Edson Gaúcho, os dirigentes vilanovenses agiram rápido, logo, promoveram novamente Zé Roberto como interino. Embora, o time sob seu comando tenha perdido as duas partidas, percebemos certo progresso, vez que diminuiu o número de gols sofridos fora e dentro de casa. E isso é muito animador. Mais animador ainda, amigos Colorados, é ouvir especulações sobre a contratação de Eriberto Cunha. O que dizer destas especulações? Posso dizer o seguinte, ele simplesmente não conseguiu manter o Itumbiara na primeira divisão do Goianão. Acredito que não preciso mencionar mais nada. Ah, me desculpem amigos, por ter deixado o otimismo de lado. O campeonato goiano é bem mais disputado do que o Nacional da série B, então podemos ter boas expectativas com Eriberto no comando do Vila rumo ao ... Paraíso; otimismo sempre!
Então, amigos Colorados, vamos confiar no possível futuro técnico do Vila, vez que já vieram figuras famosas por levarem times para o Paraíso, veio até o rei do acesso Givanildo, entretanto, não obtiveram sucesso frente ao Tigre. Sendo assim, quem sabe Eriberto Cunha, o qual não conseguiu manter a equipe do Itumbiara na elite do futebol goiano, possa conseguir o impossível, digo, possível, feito de levar o Colorado a série A. E lembrem-se, meus amigos, otimismo sempre e sempre, pois poderia ser pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Poderia ser Pior

Após sofrer mais uma goleada em casa, o Vila assume a vice-lanterna do Brasileirão série B, uma posição “excelente” para seguir com passos firmes rumos ao Paraíso. Se o time tivesse feito o dever de casa poderia estar numa situação mais cômoda na tabela, entretanto, nas três partidas realizadas em seus domínios, venceu uma pelo placar mínimo, e perdeu duas por placares bem elástico: sete gols em dois jogos. Contudo, sejamos otimistas, poderia ter sido pior, levar oito gols em casa e figurar na lanterna da competição. Realidades bem distantes de nosso Vila.
Nós torcedores do futebol goiano e principalmente os apaixonados torcedores Colorados temos que carregar a bandeira do otimismo. E o que tem acontecido frente ao comando técnico do Tigre, faz com que a empolgação tome conta do nosso cotidiano. Depois da demissão de Edson Gaúcho, os dirigentes vilanovenses agiram rápido, logo, promoveram novamente Zé Roberto como interino. Embora, o time sob seu comando tenha perdido as duas partidas, percebemos certo progresso, vez que diminuiu o número de gols sofridos fora e dentro de casa. E isso é muito animador. Mais animador ainda, amigos Colorados, é ouvir especulações sobre a contratação de Eriberto Cunha. O que dizer destas especulações? Posso dizer o seguinte, ele simplesmente não conseguiu manter o Itumbiara na primeira divisão do Goianão. Acredito que não preciso mencionar mais nada. Ah, me desculpem amigos, por ter deixado o otimismo de lado. O campeonato goiano é bem mais disputado do que o Nacional da série B, então podemos ter boas expectativas com Eriberto no comando do Vila rumo ao ... Paraíso; otimismo sempre!
Então, amigos Colorados, vamos confiar no possível futuro técnico do Vila, vez que já vieram figuras famosas por levarem times para o Paraíso, veio até o rei do acesso Givanildo, entretanto, não obtiveram sucesso frente ao Tigre. Sendo assim, quem sabe Eriberto Cunha, o qual não conseguiu manter a equipe do Itumbiara na elite do futebol goiano, possa conseguir o impossível, digo, possível, feito de levar o Colorado a série A. E lembrem-se, meus amigos, otimismo sempre e sempre, pois poderia ser pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário